Guia de Viagem

Visconde de Mauá – Verão 2017

Quem me segue há algum tempo (mais precisamente, há alguns anos, rs), já deve ter reparado que TODO começo de ano vamos para Visconde de Mauá no Rio. Essa foi nossa quinta vez na Pousada Fazenda Rio das Pedras e, desde que levamos o Toddy pela primeira vez e vimos como ele fica feliz e livre por lá, vamos sempre. É a viagem dele, nós só vamos acompanhar, rs

Eu já contei um pouco sobre essa viagem em alguns posts aqui no blog, vou linkar todos pra vocês lerem, caso se interessem:

E dessa vez, fiz vlogs diários para vocês sentirem a vibe que é SURREAL de boa! Eu sempre digo que lá é o meu lugar no mundo, porque é simplesmente maravilhoso! Volto de lá muito energizada <3 Amo!

Para ver mais fotos, me siga no instagram (é só clicar aqui ou procurar por @jessicaflores) e siga o Toddy também (aqui ou buscando por @toddypeludinho).

Guia de Viagem

Provando Doces Mexicanos

Se você me segue nas redes sociais (se não me segue ainda, tá esperando o que?? Me segue aqui no instagram), viu que eu passei alguns dias no México e trouxe vários doces diferentes para provar, né? Daí, que convidei o Fê para gravar comigo e o resultado foi esse vídeo aqui, super engraçado e divertido!

quer ver o video

Gostaram?

Guia de Viagem

7 Coisas que você precisa fazer em México City

Quando a gente pensa em México a gente pensa logo em comida mexicana, né? Mas tem muito mais coisas para se fazer por lá do que provar a gastronomia local. Aliás, a gastronomia local vai muito além dos tacos e burritos, viu? Fiz uma lista com coisas inusitadas e um pouco fora do comum para se fazer na Cidade do México, espero que assim vocês aproveitem cada instante nesse lugar incrível. Bóra conferir?

 

Ver a parada do Dia dos Mortos

Se você está planejando uma viagem pro México, a primeira coisa que eu te digo, é: Vá no final de outubro! Porque é quando eles comemoram o Dia de Muertos (na verdade, o dia mesmo é 01 de novembro) e toda a cidade fica colorida de oferendas, pessoas fantasiadas, rostos maquiados de caveira mexicana… Pode parecer uma comemoração macabra, mas não é. O significado é lindo e muito interessante. Vale a pena se programar para viver esse momento!

 

Tomar Mezcal e Michelada

Vamos falar de bebidas típicas? VAMOS! Por lá, duas bebidas são bem conhecidas e fáceis de achar nos restaurantes e barzinhos. A primeira, é a michelada, que nada mais é do que cerveja, suco de limão, umas ervinhas e sal na borda do copo. Tranquilo, né? Bem refrescante! Já a outra, é o Mezcal, uma bebida destilada que parece tequila-vodka-pinga, mas que tem um diferencial: uma larva dentro! Siiiim! Durante a fermentação, a larvinha fermenta junto com a bebida e você pode engolir a coitadinha. Olha foto aqui.

 

Provar insetos

Taí uma coisa que eu não sabia até chegar lá. Na culinária mexicana, cerca de 7 insetos são comestíveis, entre eles os grilos (chamados de chapolines), as larvas, os besouros e as ovas da formiga (conhecido como o caviar mexicano). Se você nunca provou nada disso, essa é uma ótima oportunidade de provar. Eles são vendidos nas ruas, em barraquinhas, mas também fazem parte de vários pratos em restaurantes.

Provar Mole e Pan De Muerto

Duas coisas que eu nunca tinha comido! O Mole é um molho feito com pimentas e chocolate, pode ser servido com frango, carne e, as vezes, no formato de sopa mesmo, pra comer com pãozinho. Já o Pan de Muerto, é um pão doce, confeitado com açúcar e mini ossinhos, que é feito somente na época do Dia de Muertos, por isso, é uma coisa que você precisa provar.

 

Subir nas pirâmides

Uma das coisas mais legais de se fazer! Na verdade, as pirâmides não ficam na Cidade do México, ficam cerca de 1 hora de lá, em Teotihuacan mas vale muito a pena! São duas grandes pirâmides, a Pirâmide do Sol e a Pirâmide da Lua, várias pirâmides pequenas e uma avenida chamada Avenida de los Muertos (deu pra perceber que essa tradição de celebrar a morte vêm desde a época Azteca, né?) e pra quem gosta de aventura, na Pirâmide do Sol você pode subir até o topo.

Almoçar no La Gruta

Um dos passeios mais aguardados por mim (que no final não consegui fazer :( mas deixo a dica aqui pra vocês, porque é muito maravilhoso). O La Gruta é um restaurante que fica perto das Pirâmides de Teotihuacan, então, se você vai até lá pra ver tudo de pertinho, sugiro que almoce por lá. Esse restaurante, como o nome já diz, é uma gruta DE VERDADE! E você pode pedir tanto as comidas normais e mexicanas que a gente conhece (taco, burrito, quesadilla…) ou pode escolher ser ousado e provar todos os insetinhos que falei no começo do post (eles têm vários lá).

 

Alimentar esquilos em Coyoacán

Essa cidade foi a primeira capital do México, fica a mais ou menos 12 km da capital e foi lar de vários artistas e intelectuais mexicanos. Lá, inclusive, fica a casa de Frida Kalo, que na verdade não era a casa dela, mas sim do pai e onde ela ficou depois do acidente. Além desses pontos, tem também um dos mercados de artesanatos mais famosos, uma cafeteria chamada El Jarocho, com café produzido no México, e um dos melhores churros que já comi. Na praça principal, vários esquilinhos ficam soltos e você pode alimentá-los (com noz ou castanha sem sal, hein?)

No Youtube, mostrei mais da viagem e dos passeios. Para ver todos os vídeos é só clicar aqui :)

Página 1 de 4812345