Look do Dia

Look da Viagem: Hamburgo

Eu sou adepta do look confortável quando o assunto é viagem. Afinal, vamos andar, conhecer lugares, pessoas, falar uma nova língua e o que menos deve incomodar ou tomar tempo é a roupa, né?

Confesso que acho lindo ver looks de viagens trabalhadíssimos, com salto, saia lápis e camisa sem nenhum amassadinho, mas não consigo me ver nessa situação, eu gosto de conhecer a cidade, de andar de metrô, de me perder nas ruas e quando vejo looks assim, só consigo imaginar que a pessoa acordou, entrou num táxi, foi até uma loja, entrou no táxi de novo, foi pro restaurante, entrou em outro táxi… sem curtir realmente a viagem, sabe?

De qualquer modo, eu bolei vários looks confortáveis e charmosinhos para usar e fotografar durante a viagem, acontece que o tempo não ajudou! Esse foi o único que consegui fotografar, porque foi um dos únicos dias que não choveu e não fez frio. Nos outros, eu só ia vestindo tudo o que achava pela frente até me sentir quentinha, rs:

look do dia hamburgo #1 borboletas na carteira-4

look do dia hamburgo #1 borboletas na carteira-5

look do dia hamburgo #1 borboletas na carteira-6

look do dia hamburgo #1 borboletas na carteira-3

look do dia hamburgo #1 borboletas na carteira-2

look do dia hamburgo #1 borboletas na carteira

USEI: Jaqueta Zara | Tricô Le Lis Blanc | Legging Nádia | Bolsa Zara | Coturno Steve Madden | Óculos Aldo | Gola H&M | Pulseiras Vivara e Pandora

Gostaram do look?

 

Guia de Viagem

Guia de Viagem: Hamburgo 3 dias

Primeira vez que viajo para a Europa e o destino foi Alemanha e República Tcheca. Começamos a viagem em Hamburgo e vou contar um pouquinho do que fizemos e de onde fomos por lá. Me siga no instagram para acompanhar a viagem em tempo real (clique aqui

guia de viagem hamburgo o que fazer pontos turisticos comer #1 borboletas na carteira-5

A cidade é incrível, bem histórica e com uma arquitetura maravilhosa, mas nessa época do ano ainda está frio (cerca de 10˚C) e chove bastante. Vocês vão perceber que pegamos chuva todos os dias e isso atrapalhou um pouquinho.

Postei o vlog de Hamburgo, espero que vocês gostem! :)

branco-003

Foram quase 15 horas de vôo direto, sem escala. Apesar de parecer muito, eu quase não senti de tão empolgada que estava. Em Hamburgo, o metrô cobre toda a cidade e tem uma linha que sai do aeroporto, é tranquilo andar com as malas exceto pelo fato de não ter elevador e escada rolante em todas as estações.

Ficamos no bairro de St. Pauli, que é considerado o bairro jovem e alternativo de Hamburgo, lá estão concentrados os bares, restaurantes e galerias. Além disso, é bem pertinho de tudo, incluindo a Igreja de St. Michaelis.

ONDE COMER:

guia de viagem hamburgo o que fazer pontos turisticos comer #1 borboletas na carteira-3

Café May

  • Café May: No nosso hotel não tinha café da manhã e encontramos o MAY através do TripAdvisor (ótimo app pra quem curte viajar). Lá, você pode tomar um café por €7 com ovos mexidos, torta, pães, iogurtes e frios. O lugar é bem legal e fica perto do metrô St. Pauli.
  • Zwick II – Bar/Restaurante com culinária alemã e americana. Todo decorado com vinil e fotos antigas de bandas famosas como Beatles, Offspring e U2. Pedi penne com carne e estava maravilhoso, infelizmente não me lembro o preço mas não passou de €15 com bebida.
  • Herzblut St. Pauli – Esse restaurante funciona também como bar e casa noturna nos finais de semana. Ele tem um estilo meio Outback e serve pratos americanos além da culinária local. Fica na rua mais famosa de Hamburgo, a Reeperbahn Straße.

ALGUNS PONTOS TURÍSTICOS: 

Hamburgo é conhecida por ter o maior porto da Europa, mas a cidade é mais do que isso. Existem várias igrejas lindas, parques e pontes maravilhosas.

guia de viagem hamburgo o que fazer pontos turisticos comer #1 borboletas na carteira-2

Rathausmarkt

  • Rathausmarkt – O prédio da Prefeitura fica bem no centro da cidade e é maravilhoso! A melhor estação de metrô para visitá-lo é a Rathaus (linha amarela), e bem em frente existe um lago que foi criado a partir do rio Elba. Hamburgo tem mais pontes do que Veneza e Amsterdam juntas e é muito gostoso se perder e caminhar sobre elas…
  • Reeperbahn Straße – Essa é a rua mais conhecida de Hamburgo, nela se encontram vários restaurantes, bares, casas de strip tease e sexy shops. Caminhando por ela, você chega até a Beatles Platz e mesmo quem não pretende comer por lá, precisa conhecer, é muito diferente e bem aceito pelos hamburgueses.

guia de viagem hamburgo o que fazer pontos turisticos comer #1 borboletas na carteira-4

St. Michaelis Church

  • St. Michaelis Church – A igreja de St. Michaelis fica perto da estação St. Pauli e tem uma torre com mais de 105m. Também tem o maior relógio da Alemanha com mais de 24m de diâmetro. Para subir e ter uma vista panorâmica da cidade, o valor é €5, vale muito a pena porque Hamburgo vista de cima é demais! (A panorâmica do começo do post foi tirada lá <3)
  • Hafen Hamburg – O maior porto da Europa. Nos finais de semana existem várias barracas de comida e lojas de lembrancinhas. Nessa época, também acontece a festa do Porto, com shows e apresentações típicas.

EXTRAS:

  • Internet no Celular – A internet móvel da Alemanha é bem fraquinha comparada com a internet dos EUA. Consegui comprar um chip pré-pago de 200mb/mês e esse é o maior plano que eles têm disponível. Paguei €10 e ela durou dois dias ¬¬ Tentei recarregar mas não é possível, só se eu comprasse outro chip que eu poderia usar mais 200mb. A cultura lá é bem diferente e eles não são tão ligados em redes sociais, a moça da loja ficou assustada quando eu disse que tinha usado 200mb em dois dias e disse que essa quantidade deveria durar o mês todo :O
  • Tour Guiado – O Hop On – Hop Off é um tour disponível em vários países. Você entra no ônibus ou van e vai passando pelos pontos turísticos e sabendo mais sobre a história através da tradução simultânea. Acho super interessante quando você viaja para um lugar diferente e não domina a lingua. Paguei €17,50 – 90min.

No próximo Guia de Viagem, um pouquinho sobre Berlim! <3

Tecnologia

Splice: Aplicativo para editar vídeos no celular

Desde que voltei de viagem estou prometendo falar um pouco mais sobre o aplicativo de vídeo que usei para editar alguns que postei no instagram (esse, esse, esse e esse). O app se chama Splice, é free e muito fácil de usar. Baixei dentro do ônibus, enquanto ia de Hamburgo para Berlim e aprendi a usar na mesma hora, é super intuitivo, sabe? E dá para cortar, fazer sequência, colocar foto, música…

splice aplicativo para editar vídeos no celular iphone borboletas na carteira

A primeira coisa que você precisa fazer, claro, é filmar com o celular. Assim os vídeos ficam armazenados na sua câmera roll e podem ser migrados para o aplicativo, também dá para filmar com a câmera, enviar os vídeos por email e salvar no celular, mas aí você vai ter um pouco mais de trabalho e vai precisar estar conectado à internet.

Para começar, é só clicar no + que aparece no canto direito superior, coloque o nome do projeto e adicione os vídeos ou fotos. Você pode adicionar quantos quiser e pode criar transições entre eles:

splice app borboletas na carteira2

Clicando no lápis, abre um menu para edição de vídeos, que é onde você consegue cortar, alterar a velocidade do vídeo, duplicar e excluir. Ali também você pode controlar a duração dos vídeos (no caso do instagram o limite é 15 segundos), que aparece no cantinho superior direito:

splice app borboletas na carteira1

Depois é só clicar na aba Áudio lá em cima e escolher uma música legal. Lembrando que o formato suportado pelo app é o .mov. Também dá para você abaixar o volume do vídeo original, gravar alguma coisa por cima e acrescentar mais de uma música:

splice app borboletas na carteira

Depois é só clicar em Preview, para assistir o seu projeto e exportar para a Galeria. Eu escolho sempre a qualidade mais alta, é rapidinho e garante que o filme fique nítido quando você subir no Youtube ou Instragram. Uma dica é: Se você for colocar o vídeo no instagram, lembre-se que o formato é quadrado e pode cortar as laterais do vídeo.

O aplicativo funciona sem internet então dá para você ficar editando vários vídeos ao longo do dia, antes de dormir, no intervalo da escola. É o melhor que eu já testei para vídeos. Achei as funções básicas porém essenciais e ele é super fácil de entender.

O Splice que eu uso só é compatível com o sistema IOS. Para Androids, até existe um app com o mesmo nome mas não sei se é o mesmo e é pago :(

Quem quiser baixar, pode clicar aqui.