Guia de Viagem

Por que incluir Dresden na sua viagem pela Alemanha?

Quando eu fui viajar para a Alemanha um dos lugares que eu estava menos empolgada para conhecer era Dresden, na verdade, nem sabia o motivo de ter incluído essa cidade no roteiro. Cheguei até a pensar: “Poxa, vamos perder de ficar mais em Berlim para conhecer essa cidadezinha…”, que mente pequena, né?

guia-de-viagem-dresden-alemanha-onde-ir-onde-comer-pontos-turísticos-borboletas-na-carteira

Dresden fica a, pouco mais de, 190km de distância de Berlim e é a capital da Saxônia. Nas margens do Rio Elba, essa é a cidade que tem uma das arquiteturas mais pomposas de toda a Alemanha.

Durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial, Dresden foi quase destruída por completo, tanto que é possível ver, nas construções, blocos e tijolos originais, misturados com os mais novos depois da restauração.

E, sem exageros, foi um dos lugares mais lindos que visitei em toda a minha vida! Para cada lado que você olha, existe uma construção que merece foto, para cada cantinho dessa construção, um detalhe mais interessante que o outro e o melhor, a cidade não é tão grande então dá para fazer tudo andando mesmo.

Uma das coisas que mais me chamou atenção logo que cheguei foi a arquitetura barroca e seus mil ornamentos. E você não precisa procurar muito não! Esse tipo de arquitetura está presente em muitos lugares: Palácios, jardins, igrejas, teatros…

dresden_zwinger_iii_by_pingallery-d3g0pkv

Zwinger Palace *—*

Dresden-Semperoper

Semper Opera House

guia-de-viagem-dresden-alemanha-onde-ir-onde-comer-pontos-turísticos-borboletas-na-carteira-6

Catholic Hofkirche Church

Se você gosta de arte, vai encontrar muita por lá! Além das galerias, teatros de ópera e museus, existem várias expressões pelas ruas. Além das paredes grafitadas que se concentram, em sua maioria, no bairro de Neustadt, no centro histórico da cidade também tem! A Procissão dos Príncipes é um grande exemplo disso: o muro tem 101 metros de comprimento e conta a história da família real da Saxônia.

dresden-fuerstenzug-373238fe-a999-459a-af77-82ae81a58307

Procissão dos Príncipes (Fürstenzug)

2gr dresden-neustadt36041662

Pelas ruas de Neustadt

A gastronomia de Dresden também me surpreendeu, eu imaginei que fosse ser algo bem típico da Alemanha, mas existem muitos restaurantes de todos os lugares do mundo! Um dos que se destacou muito foi o Lila Soße, que fica escondidinho na Alaustraße, 70. Ele é como um porão, mas tem seu charme. Os pratos são todos servidos em Mason Jar e foi lá que meu amor por refrigerante caseiro nasceu! Recomendo!

guia-de-viagem-dresden-alemanha-onde-ir-onde-comer-pontos-turísticos-borboletas-na-carteira-2

Comida australiana no restaurante Ayers Rock.

Tem mais sobre Dresden no vídeo abaixo e aqui também.

video

Espero que vocês tenham gostado e incluam Dresden no roteiro! Vale muito a pena! *—*

Guia de Viagem

Guia de Viagem: Dresden

Para não ficar muito cansativo, resolvi ir mesclando os vídeos de viagem com os vídeos normais (comprinhas, maquiagens e TAGs) e hoje venho falar sobre a cidade mais linda que já conheci: Dresden! Ela fica a 2 horinhas de Berlim e foi, praticamente, toda destruída na 2ª Guerra Mundial. Depois de vários anos, ela foi reerguida e reconstruída, mas ainda carrega muitas marcas dos bombardeios. Fizemos o trajeto de trem e foi bem tranquilo, compramos o ticket pela internet, nesse site aqui.

guia de viagem dresden alemanha onde ir onde comer pontos turísticos borboletas na carteira

Confesso que fui sem nenhuma expectativa e achando que não ia curtir muito a cidade, por ser menor e “menos interessante” que Berlim, mas me surpreendi e muito! A cidade é mil vezes mais bonita, com muitas construções e muita história. Fiquei fascinada e, sem dúvidas, indico colocar Dresden no roteiro.

No vídeo abaixo, mostrei os principais pontos turísticos e vocês podem ver que tudo é incrivelmente lindo!

branco-003

PONTOS TURÍSTICOS:

  • Frauenkirche Church – Essa igreja foi construída entre os anos de 1726 e 1743 e foi bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial, levou anos até que a igreja fosse reconstruída, e se vocês perceberem (no vídeo), existem alguns blocos mais escuros na construção, esses são originais de antes da destruição.
  • Catholic Hofkirche Church – Outra catedral que fica bem pertinho é a Hofkirche, ela foi construída na metade do século 18 pelo arquiteto romano Gaetano Chiaveri. A torre mede mais de 83 metros e tem vista para a Augustus Bridge.

guia de viagem dresden alemanha onde ir onde comer pontos turísticos borboletas na carteira-6

Catholic Hofkirche Church  Continue Lendo >>

Fotografia

5 Motivos para usar longa exposição em suas fotos

Da ultima vez que fui para NYC, uma das minhas exigências era subir no Rockfeller Center no por do sol para tirar algumas fotos. Eu nunca tinha subido mas imaginava que seria demais, com uma vista linda e com as cores mágicas do por do sol (que é a minha hora preferida do dia). Essa, inclusive, seria a oportunidade perfeita de tirar aquela foto de longa exposição que tem virado “tradição” nas minhas viagens.

Começou em Dresden, na Alemanha, com essa foto aqui:

guia-de-viagem-dresden-alemanha-onde-ir-onde-comer-pontos-turísticos-borboletas-na-carteira

E, como eu já contei nesse post sobre Como tirar boas fotos à noite sem a ajuda do flash, tinha aprendido essa técnica no curso de fotografia mas nunca tinha colocado em prática. Na teoria eu sabia como funcionava, mas não imaginava que o resultado seria tão incrível. Tanto que repeti a foto em Praga, na República Tcheca, na mesma hora, no finalzinho da tarde:

IMG_4555

E, claro, em NY, no Top of the Rock. Lembro que no dia que eu estava tirando essa foto, tinha um cara do meu lado tentando fazer a mesma coisa, só que ele não sabia direito como ajustar a câmera na longa exposição e a foto dele ficava sempre igual, normal, sabe? E ele olhava pra minha câmera com aquela cara de: “Como faz isso?”. Se você quiser saber como fazer, é só ler esse post aqui.

IMG_8599-001

Hoje eu vou listar 5 ótimos motivos para você usar a longa exposição:

1. Você pode tirar fotos noturnas com as cores mais intensas: Esse é o caso das fotos acima. Com a longa exposição você consegue pegar as cores do céu e ao mesmo tempo as luzes da cidade. Com a exposição normal, o céu ficaria completamente escuro e você teria uma imagem só com pontinhos de luz.

arc-de-triomphe-at-night-long-exposure-road-images

2. Você consegue fazer rastros de luz: Tem efeito mais lindo do que esse? Isso acontece porque a foto demora mais para ser tirada do que o tempo que o carro leva para passar pela câmera. Então o que a gente vê é somente as luzes das lanternas <3

16122629.GCT

3. Dá para fazer todas as pessoas desaparecerem: Exceto as que ficarem paradas pelo tempo que sua câmera levar para bater a foto. Inclusive, você pode ficar paradinho ali no meio, e enquanto todo mundo vira fumaça, você fica super nítido e ainda tem uma foto única.

Tucker_Brook

4. As cachoeiras viram véus: Esse efeito também é maravilhoso e muita gente acha que é edição ou photoshop, mas não. É só deixar a exposição mais longa que a água vai parecer um véu, e se você deixar a exposição curta, vai dar pra ver todas as gotinhas :)

MonsarazConvento-TheMoonMilkyWay-net

5. Muitas estrelas no céu *__*: Confesso que, de todos os cenários que eu listei, esse foi o único que ainda não tentei. Mas acreditam que esse tipo de foto tem até um nome específico: astrofotografia e existem vários cursos para quem quer aprender a tirar fotos do céu. Para conseguir esse resultado, dá um pouco mais de trabalho do que as outras fotos, você precisa escolher um lugar sem muita iluminação, um ponto plano ou alto e torcer para o céu estar limpo durante a noite. Ah, a exposição para essas fotos variam de 30 a 60 segundos então é preciso um tripé e controle remoto (ou utilizar o timer de disparo). Quero muito tentar essa foto, assim que eu fizer isso, mostro para vocês no instagram. Enquanto isso, me sigam por lá – GFlorees

Gostaram das dicas? Vocês já tentaram alguma foto assim?

Página 1 de 212